sábado, 1 de setembro de 2012

Todo mundo tem alguém, já parou pra pensar?


Nem que seja só pra se iludir…                                                     Só pra fazer promessas e depois vê-las se quebrando à sua frente. Porque não importa se você souber que tudo é uma mentira; não importa ter consciência de que um dia tudo isso vai embora. Não interessa se tem tudo pra dar errado, se o destino faz questão de separar vocês. Não tem a mínima significância. Lá no fundo, você sempre vai pensar nele ou nela. Lá dentro, bem escondidinho, você sabe que sempre vai haver uma pontinha de esperança. E o tempo vai passar, e você vai se decepcionar, e vai chorar, vai sentir tudo doer.
 Você vai passar por tudo aquilo que já sabia que aconteceria… Vai se culpar por um bom tempo; se arrepender até o último fio de cabelo. E vai ser engraçado como todo esse arrependimento vai pro lixo depois, sabe? Vai ser irônico como você vai se contradizer e sempre voltar pro seu alguém. Afinal, todo mundo tem alguém e, infelizmente, você não seria uma exceção. Não dessa vez. Dessa vez você é só mais um, e eu imagino como deve ser ruim. Aposto que isso te consome cada dia mais, a cada piscar de olhos, cada batimento de seu coração. Aposto que isso tá te matando de pouquinho em pouquinho. Ah, e eu aposto que você vai negar, mas também aposto que sabe muito bem como isso é verdade. Aposto que sabe exatamente como é se sentir um babaca apaixonado.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário